sol

Verão: cuidados com cabelo e pele

Oi, gente! Que tal começar o ano com super dicas para cuidar da pele nesse verão? Nossa dermatologista Dra. Celina Frota deu muitas dicas pra gente por aqui. Olha só!

 

imagem: reprodução

imagem: reprodução

“Durante o verão, aumentam as atividades realizadas ao ar livre. A radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra, aumentando o risco de queimaduras, câncer de pele e outros problemas. Por isso, não podemos deixar a fotoproteção de lado .

Além do filtro solar (nosso de todo dia), no verão é importante usar chapéus e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois retêm cerca de 90% das radiação UV. Hoje, já existem roupas com fator de proteção na fibra – FPU.

Evite a exposição solar entre 10h e 16h , momento em que a radiação UVB está mais concentrada e  é responsável pelas queimaduras solares . A radiação UVA está presente durante todo o dia e está mais relacionada ao envelhecimento cutâneo, mas ambas levam à danos no DNA celular, aumentando o risco de câncer de pele.  As barracas usadas na praia devem ser feitas de algodão ou lona, materiais que absorvem 50% da radiação UV. Outro objeto que tem extrema importância são os óculos de sol, que previnem cataratas e lesões à córnea.

O filtro solar deve ser usado diariamente e não somente nos momentos de lazer. O ideal é que o  FPS seja maior ou igual a 30. O produto deve proteger contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e contra os raios UVB (indicado pelo FPS). Aplique o produto 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele o absorva. Reaplique a cada duas horas, mas fique atento, esse tempo diminui se houver transpiração excessiva ou se você entrar na água. Aplique o protetor uniformemente em todas as partes de corpo, isso inclui mãos, orelhas, nuca, pés…

Uma dica é usar protetor solar próprio para os cabelos e produtos siliconados nas pontas dos cabelos que impedem que eles se danifiquem com o vento. Não se esqueça de proteger as cicatrizes. As cicatrizes novas podem ficar escuras com a exposição solar e as antigas  podem desenvolver tumores na pele, apesar de ser um evento raro. Pode ser colocado o filtro na própria cicatriz ou protegê-las com roupas de banho.

Nas pessoas que tem melasma, o ideal é que usem protetor solar com proteção UVA , UVB, infravermelho e luz visivel e ainda assim usem viseiras com FPU durante o mergulho .

Nós sabemos que 75% da radiação acumulada durante toda a vida ocorre na faixa entre 0 e 20 anos e que é nessa faixa etária que temos os principais danos  solares e por isso a importância de iniciar o uso de filtro solar a partir dos 6 meses de idade, utilizando protetores apropriados para a pele sensível da criança.

As temperaturas mais quentes exigem hidratação redobrada, por dentro e por fora. Aumente a ingestão de líquidos no verão e abuse da água, chás gelados, suco de frutas e água de coco (exceto a água, consumir sempre com a quantidade orientada pelo seu nutricionista). Alguns alimentos podem ajudar na prevenção dos danos que o sol causa à pele, como cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, pois contêm carotenóides, substância que se deposita na pele e retém as radiações ultravioletas.

No banho, use sabonetes indicados para o seu tipo de pele. A temperatura da água deve ser fria ou morna, para evitar o ressecamento e deve-se evitar o uso de esfoliantes diariamente . Logo após o banho (até 5 minutos após) aproveite para usar hidratante potentes para recuperar a água para a derme.”

 

***********

E aí, gostaram? A Dra. Celina é demais! Sabemos que a heliofobia (medo da exposição solar) hoje cresce cada vez mais, porém o sol é necessário e nos faz muito bem. Pra aproveitá-lo sem medo, é só ter orientação! Assim, você aproveita todos os benefícios sem se descuidar. E não esqueça de ir ao nutricionista para incrementar ainda mais os cuidados com pele. A alimentação é super poderosa e pode te ajudar a cuidar ainda melhor de você!

Beijos!

Facebook Comments