Comer, treinar, dormir e repetir

Oi, gente! Como foram de dia das mães?  Por aqui foi tudo maravilhoso com nossa família toda reunida e os geminhos!

Bom, quem me acompanha no Instagram @queridavidasaudavel e @nayanadovale (segue aê!), sabe que acabei de incluir mais uma pós-graduação na listinha: nutrição clínica e esportiva! Com essa, são 3 que faço ao mesmo tempo Rs!, mas acredito que quando se quer, tudo na vida dá certo/dá tempo se você se dedicar, organizar e priorizar.

Pensando nos assuntos do mundo da nutrição esportiva, resolvi trazer aqui uma coisa super necessária, mas que infelizmente nem todo mundo faz:  descanso entre treinos de hipertrofia. Sim, ele é essencial na busca pelos resultados!

Dieta, treino e descanso, essa é a tríade infalível para ter sucesso, e claro, sempre com acompanhamento especializado. 

imagem:

imagem: Google

Muitas variáveis estão envolvidas  no ganho de massa muscular e algumas delas são volume, intensidade e frequência.  E aqui, muita gente se engana, pois grande parte das pessoas  acha que o “volume” do treino refere-se ao tanto de carga/peso levantado, mas isso não é o correto. Na verdade, o número de repetições é o que representa esse volume, então pode confiar quando seu personal te disser que não precisa se lesionar tentando levantar mais do que seu limite.

A parte de treinamento não é a minha área e nem quero “invadir” esse espaço, pois acredito que é cada macaco no seu galho Rs! e sempre indico ter um educador físico ao lado, porém toquei no assunto porque interfere intimamente na minha parte, a alimentação, pois tudo está interligado.

Então, vamos falar mais um pouco do descanso. O período de regeneração entre treinos é essencial para o funcionamento adequado do organismo e essa capacidade de recuperação e crescimento é conhecida como anabolismo. Estudos demonstram que indivíduos mais condicionados se recuperam mais rapidamente do que sedentários e iniciantes, e esse período pode durar 24, 48 e até mesmo 72h dependendo do seu condicionamento.

Junto ao descanso, a alimentação balanceada é fundamental, pois durante esse repouso as reservas energéticas serão repostas e os músculos construídos, e se não houver substrato suficiente para manter as funções vitais, a última coisa que seu corpo vai fazer é aumentar seus músculos, e então a proteína será desviada de função até que tudo esteja adequado para a sua sobrevivência.

E sobre essa dieta? Carboidrato antes? Proteína depois? Para as duas perguntas: antes e depois! E não, quanto mais proteína NÃO significa mais músculo também, pois até a queridinha proteína em excesso também vira gordura, e isso ninguém quer, né?

E não pode esquecer da hidratação, das vitaminas, dos minerais… E os suplementos, pode? Depende! Na Nutrição praticamente tudo tem como resposta “depende”. E é por isso que sempre, SEMPRE MESMO, o ideal é ter um nutricionista ao lado pra te ajudar e fazer as melhores estratégias para você, individualmente.

Quanta coisa, hein? Mas hoje foi só para despertar e contar para vocês que agora temos mais uma pauta por aqui, a nutrição esportiva! E espero que vocês me acompanhem mais nessa empreitada também, viu?

 

Beijos!

 

 

 

Facebook Comments
Tags :