Integrais: como escolher

Oi, gente!

Como é bem evidente no nosso dia a dia, a busca por uma vida mais saudável está aí a todo vapor, não é? E para  atender a essa demanda sempre  crescente, o mercado está aí cheio de novidades que surgem quase diariamente.

Mas vem cá, você sabe escolher o que realmente é bom? Quem costuma conversar comigo sabe que esse é um assunto que eu adoro: ensinar a ler os rótulos e escolher produtos! Rs!

Sim, gente… Porque infelizmente no nosso País nem tudo é o que realmente aparenta ser. Muitos fabricantes colocam informações erradas nos seus rótulos e para um olhar que não é treinado, é muito fácil acabar escolhendo opções que acreditamos serem ótimas, porém no final não são de fato.

Por isso, sempre digo: tenha acompanhamento nutricional se for possível. É durante as consultas que você aprende, tira dúvidas, conhece novidades… E tudo de alguém que estudou muito para te orientar!

Então vamos lá..

Quem aí tem o hábito de ler o rótulo? Porque tudo começa por ele! Para escolher bem o que consumimos, é essencial saber o que o produto leva. Mas hoje, vamos começar aprendendo a escolher um verdadeiro produto integral!

 

O que observar no rótulo de um integral: 

1) para um produto ser considerado VERDADEIRAMENTE integral, o primeiro ingrediente da lista deve ser INTEGRAL. Isso acontece porque o primeiro ingrediente da lista sempre será o que está em maior quantidade, então o “integral” deve predominar nesses produtos. Muitas vezes, os fabricantes misturam farinha de trigo branca (aquela comum mesmo) com farinha de trigo integral, sendo esta primeira em maior quantidade, e mesmo assim classificam o produto como integral. Você pode achar que não, mas isso acontece muito, inclusive com pães, que temos uma infinidade de marcas e tipos, mas a maioria não é “de verdade”.

 

Olha só na prática:

pao-integral

imagem: operacaocasorio.com.br

 

Percebem o que acabamos de conversar?

Na primeira imagem, apesar de ser classificado como integral, o primeiro ingrediente, e por isso o que está em maior quantidade, é a farinha de trigo comum (como olhar os outros ingredientes falaremos em outro post!).

Já na segunda opção, o pão tem como primeiro ingrediente a farinha de trigo integral e o melhor: nem mesmo leva farinha de trigo comum, o que é o ideal. Compreenderam?

Quando falarmos de como observar os outros ingredientes, vocês vão ficar craques no rótulo todo!

E lembrando: não devemos observar isso apenas em pães, mas em todo e qualquer produto que se intitule “integral”, ok? Espero que vocês tenham gostado e aprendido um pouquinho com que colocamos aqui hoje!

 

Beijos!

Facebook Comments
Category : Alimentação
Tags :