Inspire-se com… Mimis!

Se você busca dicas para uma vida mais saudável e acompanha redes sociais, provavelmente já leu ou ouviu falar do Blog da Mimis, não é?

Para quem ainda não teve a chance de ver ou para aqueles que querem saber um pouco mais, o QVS hoje traz uma entrevista mais do que interessante com Michelle Franzoni.

Mimis, como é conhecida por seus leitores, é uma grande mulher com uma história de vida inspiradora a contar.

Vem ver!!!

 

1210_MIMIS_2491. Michelle, nos últimos meses acompanhamos seu blog e percebemos uma grande mudança nos seus hábitos. Vimos que o #projetomimis tornou-se inspiração para muitas pessoas. Como você decidiu iniciar esse projeto?

O #projetomimis surgiu por sugestão de uma seguidora e em menos de 3 meses é a hashtag saudável com maior número de fotos do Instagram. É meu maior orgulho. Atualmente são mais de 30 mil fotos de uma galera super legal que mudou ou está tentando mudar seus hábitos. Tem comidinhas saudáveis, frases de inspiração, gente praticando atividade física e muito mais. É um grande grupo reunido em prol da ideologia saudável.

 

2. Sua mudança foi apenas com acompanhamento nutricional e exercícios? Até hoje tem profissionais com você?

Quando quis emagrecer queria que fosse natural, pois se eu estava realmente disposta a mudar de vida e deixar no meu passado o efeito sanfona que me acompanhou a vida inteira. Eu queria me tornar outra pessoa: saudável e estável. Iniciei dieta com nutricionista e procurei um tratamento alternativo para minha ansiedade que foi a homeopatia. Sabia também que meu ganho de peso estava relacionado aos fatores emocionais, portanto a terapia foi outra técnica que me auxiliou desde o começo. Os exercícios eu sempre fiz sozinha, com a supervisão dos professores da academia. Como fisioterapeuta, já possuía bastante conhecimento na área de atividade física.

 

3. Ao decidir emagrecer, qual foi sua principal motivação?

Mudar de uma vez por todas. Queria voltar a ter uma vida normal. Sou casada e queria ter filhos e pensava em como iria criá-los pesando quase 100kg. Como iria correr atrás deles no parquinho? Que exemplos daria a eles? Como me sentiria feliz na gestação? Família. Esse foi o principal motivo que me fez emagrecer. Para isso eu teria que mudar, não apenas emagrecer. Eu desejava outra vida, com qualidade. Para isso decidi que tinha que ser o mais natural possível, sem drogas, com exercícios e reeducação alimentar. É claro que queria meu corpo de volta, mas sabia que isso seria reflexo da minha mudança de hábitos. E foi como aconteceu.

 

4. Quais seus principais cuidados com a alimentação?

Comer de 3 em 3 horas. É um ritual sagrado. Sempre tenho algum lanche na bolsa e as marmitas da Mimis já são bem conhecidas e inspiram muita gente.

Outra regra e preparar os alimentos sem óleo. No vídeo da couve refogada eu ensino como faço todos os meus grelhados e refogados. Ficam dourados e saborosos e sem gordura. Já as gorduras boas são importantes, e essas eu consumo sim.

Quanto às frituras, nunca fui uma grande consumidora. Hoje elas não entram no meu cardápio de jeito algum.

 

5. Sabemos que você viaja muito. Como faz para manter-se na linha?

Eu nào deixo de praticar exercícios nas viagens. No hotel, sempre que posso dou um pulo na academia. Caminho muito. Na minha última viagem para a Europa eu não fui à academia, mas aluguei uma bicicleta e usei somente ela por uma semana. Nada de transporte público. Farei um documentário sobre essa experiência ainda. As refeições procuro equilibrar. Se saio da dieta em uma, regulo o restante do dia para compensar.

 

6. Você pratica outra atividade física além da musculação? Se sim, qual é e com que frequência?

Bicicleta. Amo pedalar e foi ela que me ajudou no processo de emagrecimento. Eu pedalava na rua. Comecei pedalando 40 minutos e fui aumentando. No final do processo eu já estava pedalando cerca de 1,5 a 2 horas por dia. 6 a 7 vezes na semana. Tomei muita chuva na cabeça, mas lá estava eu fazendo meus exercícios. Atualmente uso a bike como meio de transporte no bairro onde moro e também pedalo
forma de exercício, mas com menos frequência e tempo que antes, pois não preciso mais perder peso.

 

7. Qual exercício você mais gosta de fazer?

Pedalar na rua. Sempre! Respirar ar puro, ouvir o barulho dos carros, ver as pessoas se movimentando, refletir e pensar na vida. A bicicleta me faz viajar.

 

 8. Tem algo que você não abre mão de comer mesmo não sendo essencialmente saudável?

Eu como  tudo o que eu gosto. Porém, hoje sei equilibrar. Posso comer um chocolate ou tomar uma taça de vinho tinto no final de semana, porém não faço mais isso todos os dias.

Hoje escolho muito bem quais serão meus extras. Antes, minha vida era um extra total.

 

9. E nas férias e feriados, você relaxa mais ou mantém-se na linha? Como faz para compensar os excessos, se houver?

As regras das viagens cabem aqui. Exercícios sempre. Eles ajudam a “gastar” os extras. E se exagerei um pouquinho em alguma viagem, faço uma dieta hipocalórica equilibrada na volta e tudo fica ok.

 

10. Qual seu último “achado” no quesito alimentação?

O Freekeh. Escrevi no blog sobre ele. É um super grão que vem pra se igualar a quinoa em termos nutricionais. É o queridinho dos gourmets internacionais e está começando a aparecer no  Brasil. Ainda não provei, mas estou louca para inventar alguma receita saudável com ele.

 

11. Faz algum tratamento estético?

Faço drenagem linfática às vezes, e cuido muito da minha pele, principalmente do rosto.

 

12. Usa algum produto que considera indispensável?

Gel de limpeza para o rosto. Sempre. Uso há anos o da La Roche Posay e agora estou testando o da Vichy. Lavo o rosto pela manhã e antes de dormir. Nunca durmo com maquiagem.

 

13. O seu corpo está lindo. Você atingiu sua meta?

Sim. Atingi muito mais que a minha meta. Nunca esperei ter o corpo que tenho hoje. Queria apenas emagrecer e ser saudável. Hoje me sinto feliz e orgulhosa sabendo que muitas meninas querem ter a minha barriga ou coxa. Isso é algo incrível para alguém que sempre brigou contra a balança e foi insatisfeita com seu corpo.

 

14. Como você se sente sendo inspiração para tantas pessoas no País?

Há apenas 6 meses, quando decidi escrever o Blog, queria compartilhar minha história de vida com os demais, mas jamais imaginei a proporção que tomaria. É algo inexplicável. O carinho que recebo todos os dias, os elogios, os depoimentos. São pessoas lindas que se identificam com a minha história. Amo escrever e criar. E  hoje faço isso para um mundo de gente que me admira. Faço com muito amor e responsabilidade, pois sei que como formadora de opinião tenho uma ética a zelar. Estar presente na vida das pessoas e tocá-las de alguma forma é mágico, e agradeço por essa oportunidade.

 

15. Que dica você deixa para nossos leitores?

Não se preocupe apenas com a estética. Preocupe-se com a saúde, a qualidade de vida e o bem estar. O físico será o reflexo de tudo isso. Eu me transformei física e emocionalmente. Hoje eu sou quem eu sempre quis ser. Eu quis e fiz acontecer. Você também pode. Seja mais. Seja melhor. Transforme-se!

 

blog da mimis ig

montagem Mimis

Obrigada, Mimis! Você é um exemplo de força e determinação! Adoramos conversar com você!

Para acompanhar:

http://blogdamimis.com.br

http://www.facebook.com/BlogDaMimis

http://www.instagram.com/blogdamimis

www.youtube.com/blogdamimis

Facebook Comments
Tags :