Diário #alynemamãe n.09 – Tá acabando!

Oi, gente! Reta final total… Seria esse o último diário? Ou, pelo menos, o penúltimo? Faltam apenas 3 semanas para os pacotinhos estarem prontinhos para virem ao mundo. Que misto de ansiedade, alegria, emoção, cansaço… São muitos sentimentos, rs! Algumas pessoas acham que está voando,  no segundo trimestre eu até achei, mas quando lembro que estou grávida desde julho do ano passado… Nossa, faz tempo, rs! Eu e o Raphael estávamos comentando que nem lembramos mais de como era a vida no tempo que eu não tinha barrigão, kkk.

Últimos sapatinhos que comprei, para combinar com a primeira roupinha de maternidade deles.

Últimos sapatinhos que comprei, para combinar com a primeira roupinha de maternidade deles.

 

Confesso que nessa reta final não está sendo nada fácil, muito pelo contrário, estava conversando com o Raphael que tenho vivido os dias mais difíceis da minha vida, fisicamente falando,  e ele concordou. Vejam só, difíceis em termos de locomoção, cansaço, sono, peso, em um aspecto físico mesmo. Emocionalmente, acho que estou até bem tranquila, um pouco entediada e impaciente, é verdade, mas aposto que você também ficaria se estivesse de repouso.

Bom, agora finalmente as coisas se organizaram para a chegada dos meus pimpolhos. Em dezembro a Aureni, minha funcionária, tinha ido embora por problemas pessoais (ela estava aqui há quase 1 ano) e eu ainda não tinha encontrado uma pessoa que fizesse meu perfil e do Raphael como ela. Mas, para felicidade geral da nação, Aureni voltou essa semana e realmente as coisas aqui em casa voltaram a funcionar! Amém! O Raphael comentou ontem que a casa está mais alegre e ele aliviado, kkkk, pra vocês verem como a bichinha realmente fez falta. Babá é um capítulo à parte, depois falo sobre isso, mas é bem difícil, principalmente para gêmeos. Sei que vocês sempre mandam eu acompnhar o IG da Dani Chevalier Carneiro e eu a sigo há um ano mais ou menos, admiro demais o fato de ela não ter babá e conseguir lidar com tudo sozinha, mas eu, Alyne, na minha rotina e do meu marido, penso em ter ajuda sim.

Primeiro porque sou mãe de primeira viagem e, apesar de minha mãe e sogra serem meus pés, braços, mãos, realmente maravilhosas e dedicadas aos netinhos, sei que não será fácil. Não tenho caso de gêmeos na família para ter acompanhado de perto como se instalou a rotina deles. Não me vejo deixando de trabalhar (muito pelo contrário, estou sofrendo aqui desde que o semestre letivo  começou e eu não estou lá) e em agosto retorno a dar aulas (talvez até um pouco antes em cursos de pós graduação e algumas palestras), vejo os exemplos de amigas que optaram por não ter babá no início e depois ficaram desesperadas atrás e me relataram que a vida mudou, enfim, mil motivos pessoais e profissionais. Enfim, não preciso nem dizer que é uma opção individual e de acordo com o perfil de cada pessoa, mas que infelizmente as pessoas julgam sem conhecer a realidade de cada um. Enfim, vamos ver depois se eu vou gostar da experiência ou não, conto para vocês.

O quartinho está quase pronto, como vocês podem ver pelas minhas milhões de postagens no meu instagram, rs. Ainda não está totalmente pronto, assim que estiver faço umas fotos bem lindas e posto aqui no blog. Outra decisão importante foi a respeito da maternidade: Vou ficar na Gastroclínica mesmo. Gostei muito de lá e, apesar de a Unimed ser incrível também, a proximidade da minha casa, do consultório do Dr. Joaquim, a UTI neo natal e outros detalhezinhos me fizeram optar por lá. Por enquanto meus pimpolhos chegam dia 18.03, uma quarta feira, dia que completam 37 semanas, à noite. Ai que ansiedade!

Quadrinho da maternidade devidamente já pendurado aqui em casa, comprei na Carpe Diem.

Quadrinho da maternidade devidamente já pendurado aqui em casa, comprei na Carpe Diem.

IMG_0648

Minha cinta da maternidade: também estou levando calcinhas confortáveis e outras com compressão, vamos ver o que usarei primeiro.

Já terminei minha mala da maternidade (postei no meu perfil @alynedovalebzr) e acrescentei algumas coisinhas que vocês sugeriram no instagram, como: coloquei absorvente noturno também, ao invés de apenas o pós parto, chinelas havaianas para tomar banho (tinha esquecido, mas só tomo banho de chinela, kkk), etc. Ganhei uma cinta da Lívia, aluna querida e dona da @lojadhamma e veio suuper a calhar! Creio que na polêmica usar cinta ou não, eu vou usar sim, não vejo problema e já usei sem grandes problemas, tanto que aqui em casa tem da PP à M, rs! Adorei, Lívia, muito obrigada!

Além das minhas coisas e dos nenéns (quero fazer um post só sobre a mala deles), vou levar as lembrancinhas de maternidade, colcha para a minha cama e o bercinho deles, alguns lanchinhos para as visitas e o enfeite da porta do quarto que já mostrei também. Não adianta, quero fazer surpresa mas mostro tudo, muito ansiosa, kkk.

IMG_0642

Olha algumas das nossas cuequinhas e calcinhas, titias! Lindas, né?

Agora um assunto que vocês já me perguntaram, acho que já respondi mas a cada semana é uma vitória: PLACAR: ALYNE x ESTRIAS: 34 X 0!!!  Muito feliz que mesmo tendo tendência consegui até agora controlar as danadas direitinho e elas não apareceram nem nos seios nem na barriga nem aumentaram no quadril. Além dos cremes da drenagem 3x por semana, toda noite passo Mustela muito bem espalhado. Não uso duas vezes por dia, como a recomendação normal, porque simplesmente é calor demais em Fortaleza, meu povo! Dá não! Graças a Deus tem dado certo.

Barrigão ao vivo, acabei de tirar essa foto!

Barrigão ao vivo, acabei de tirar essa foto! (as marquinhas na barriga são do lençol,  porque eu estava deitada, falta de amor próprio total postar foto sem make, assanhada e de pantufas kkkk.

 

Drenagens em casa com a fisioterapeuta Sara Teixeira Gomes, que tem sido o ponto alto da minha semana!

Drenagens em casa com a fisioterapeuta Sara Teixeira Gomes, que tem sido o ponto alto da minha semana!

Estou fazendo drenagem em casa agora e não sei como eu estaria se não fosse por ela! A Dra. Sara vem três vezes por semana aqui em casa e eu sinto uma diferença absurda quando faço, mas não existe mais Alyne desinchada, sabe? Kkkk. Principalmente no meu rosto eu sinto demais, além  dos pés e mãos dormentes. Tento beber muita água e colocar os pés para cima sempre, mas não fico completamente ok em relação ao inchaço. Foi um mini choque quando fui calçar os sapatos e eles não couberam nos meus pés, esqueci dessa parte e não estava preparada psicologicamente para isso, kkkk.

Outra preparação que, para mim, é super importante e vocês sabem: as mamas para amamentar. O Dr. Joaquim disse que só adianta mesmo colocar no sol mas, como aqui em casa não tenho onde e tem chovido muito, tenho usado uma lâmpada de 40 watts. Ligo na tomada e deixo a um palmo de cada seio, 20 minutos por dia cada, todos os dias. Acredito que fará diferença não na produção de leite, óbvio, mas para calejar o mamilo e diminuir a dor do início da amaentação. Eu também como muitos alimentos que facilitam a produção de leite, mesmo antes do estímulo dos nenéns. Pode não adiantar nada agora, mas mal não faz comer integrais, aveia, oleaginosas, beterraba, verdes escuros e afins, né? Oremos que dê tudo certo. Vou parar de ficar falando isso com vocês porque depois, se não der certo, vocês vão ficar me cobrando e não quero me sentir frustrada e pressionada, hehehe! Ainda bem que vcs são maravilhosas e só apoiam!

Outra curiosidade que respondo o tempo todo é sobre quanto ganhei de peso: até agora, 15kg. Não estou muito preocupada com isso porque me alimento bem, em horários certos, me sinto mais rechonchuda, com pernão, bumbum maior e não acho que “tá tudo só na barriga” mas prefiro ter essa reservazinha de gordura para amamentar sobre a qual tanto leio (lá vai eu falando disso de novo, kkkk). Dr. Joaquim acha que ainda ganho uns 2 a 3 quilos até o final porque, nesse último mês o ganho de peso foi absurdo em relação aos anteriores. Tipo, a balança subiu mais rápido do que a gasolina e o dólar juntos, rs.

Ontem fiz ultrassom e Raphinha e Bebella estão já na faixa dos 2kg cada um, amém! Espero que engordem pelo menos ai uns 300 a 400g até nascerem, mas só em já estarmos praticamente no nono mês e eles terem mais de 2kg me tranquiliza muuuito! Mamãe já explicou que eles estão proibidos de nascer próxima semana porque o papai vai viajar para São Paulo com o coração na mão com medo de eles quererem chegar antes da hora. Então pacotinhos, se aquietem!

Daqui para a próxima semana vamos, finalmente, terminar últimos detalhes: enfeitinhos do quartinho deles, o enxoval de berço chega hoje, os últimos itens do enxoval que encomendei lá de Recife (doida pra indicar pra vcs porque AMEI), chegam essa semana, a cadeira de amamentação (maravilhosa e que já valeu demais a compra pelo tanto de tempo que passo nela) já foi revestida de um tecido bem confortável, além de terminar as lembrancinhas de maternidade que minha mãe e tia Vivi estão fazendo e testando com tanto amor e esmero desde janeiro. E, por falar nelas, não sei como viveria sem minha mãe, irmã, sogra e tias! Gente, parabéns para quem tem filho longe da família, pois sem elas eu não teria um décimo do que já tenho pronto, ou até teria mas não tão caprichado ou, pior ainda, essas crianças já teriam nascido com tanta correria x coisas para fazer. Obrigada demais para cada uma que amo tanto!!

Vou finalizar por aqui já que ficar sentada por um bom tempo me cansa muito, mas quero fazer dois posts ainda antes de ter neném: o do quartinho deles e outro sobre a malinha da maternidade. Me cobrem!

Aqui a casa já está com um cheirinho gostoso de neném com as roupinhas lavadas, carrinhos a postos, quadrinho pendurado na parede… Bom demais! E o melhor ainda por vir!

IMG_0822

Carrinhos já montadinhos no cantinho da sala: que bagunça boa! Eles servem para recém nascidos, viu gente? Já falei sobre eles em outro post.

IMG_0806

Últimos itens que um amigo trouxe dos EUA: banheira de patinho que eu queria há séculos mas não tinha em canto nenhum e não havia comprado pela internet e Neosporin, um remedinho que alivia a dor de machucados nos primeiros socorros do neném.

Mil beijos para todos e espero que estejam gostando de participar desse momento tão especial da minha vida!

 

 

Facebook Comments
Category : Alyne Mamãe
Tags :